“Existem algumas doenças que são silenciosas, instalam-se sorrateiramente em nosso organismo, e quando não prestamos atenção, elas já estão lá, causando estragos. Assim acontece com a hipertensão arterial, mal que acomete quatro em cada dez brasileiros. Justamente por isso nunca cansamos de recomendar: tire a sua pressão arterial com frequência – o procedimento dura segundos, é de baixíssimo custo e salva vidas.

A pressão alta atinge homens e mulheres igualmente, e também não distingue idade. Em geral, ela é mais frequente a partir dos 40 ou 50 anos, mas, infelizmente, devido a uma série de maus hábitos de vida, ela vem aparecendo cada vez mais em jovens. E o pior é que a maioria das pessoas com o problema não sabem que convivem com ele.

O diagnóstico da hipertensão se dá quando, ao medi-la, obtemos valor igual ou superior a “14 por 9”. A analogia da Sociedade Brasileira de Hipertensão é a melhor para entendermos o que acontece. Pense que o coração e vasos são como uma torneira aberta que está ligada a vários “esguichos”. Imagine fecharmos esses esguichos? A pressão nos “canos” aumenta em grandes proporções.

O problema é que essa pressão danifica esses “canos” que transportam nosso sangue, e machucados, eles endurecem e se estreitam. Com os anos, as chances de entupimento ou rompimento dos vasos aumentam. E, como consequência desses estragos, temos maior possibilidade de infartos, derrames cerebrais e até a paralisação dos rins.

A boa notícia, no entanto, é que conseguimos driblar a hipertensão arterial de forma simples. A história começa com mudanças de hábitos de vida e a inclusão, ou não, de determinados medicamentos. O conselho é ficar distante da obesidade, do sedentarismo, do consumo excessivo de álcool e do tabagismo. Por outro lado, deve-se investir numa dieta equilibrada, livre de sal, excesso de açúcar e gorduras. Opte por condimentos para temperar suas refeições, deixando o sal de lado. E mais: evite produtos industrializados que escondem altas quantidades de sódio.

Fuja do estresse

O estresse é outro vilão deste filme. Não é fácil combatê-lo, todos sabemos, mas tente avaliar melhor as situações e não “esquentar” com tudo o que é visto como obstáculo. Dica: rechear a vida com atividades prazerosas e saudáveis é o melhor caminho para se livrar da tensão. Seja feliz, se preocupe menos com o mundo ao redor e cuide de si com carinho, sempre.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here